De volta à Bandeira Vermelha da Covid-19: Macaé atinge a marca dos 518 óbitos

Publicado em 01/05/2021 Editoria: Saúde
A taxa de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva chegou a 73% em Macaé

A taxa de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva chegou a 73% em Macaé

Macaé ficou apenas dez dias na bandeira laranja. Bastou afrouxar um pouco as medidas restritivas de prevenção ao coronavírus, que a cidade retornou à bandeira vermelha, na última quarta-feira, dia 28 de abril. O município contabilizava, até ontem, dia 30 de abril, 25.747 casos confirmados da Covid-19 e atingiu a marca dos 518 óbitos. Segundo o Covidímetro da Prefeitura de Macaé, conforme análise semanal, a taxa de incidência dos casos é de 89,8 por 100 mil habitantes. A taxa de ocupação nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva, nessa sexta-feira, estava em 73%. Nas últimas 24 horas dia 29 de abril, foram realizados 279 atendimentos no município, segundo aponta ainda o Covidímetro.

Macaé permaneceu até a última terça-feira, dia 27, na bandeira laranja, ou seja, alto risco de contaminação da Covid-19. Nesse dia, o município registrava 25.501 casos confirmados e 509 óbitos. Em comparação com o primeiro dia em que o município voltou à bandeira laranja, no último dia 18 de abril, até essa terça-feira, quando ainda estava nesse grau de contaminação, a cidade registrou 528 novos casos. Também no dia 18 de abril, Macaé marcava 473 óbitos no Covidímetro e, na última terça-feira, a cidade atingiu 509, ou seja, 36 mortes no intervalo de dez dias na bandeira laranja.

Já na bandeira vermelha, ou seja, risco muito alto de contaminação da Covid-19, a cidade registrou nove óbitos em três dias, atingindo a marca de 518 mortes. Já com relação ao número de casos confirmados, a cidade registrou 154 novos casos do dia 27 a 30 de abril.

No primeiro dia do município na bandeira laranja, a taxa de incidência dos casos, ainda de acordo com o Covidímetro da Prefeitura de Macaé, era de 245,5, por 100 mil habitantes, segundo a média semanal e a taxa de letalidade, também calculada por 100 mil habitantes, era de 1,89%. Nessa sexta-feira, dia 30, já na bandeira vermelha, a taxa de letalidade chegou a 2%.

Nova variante P1 em circulação no município
No último sábado, dia 24, a Prefeitura de Macaé confirmou, pelas redes sociais, a circulação da nova cepa, ou variante, identificada como P1, que está em circulação no município. A variante é oriunda de Manaus. A prefeitura também informou que dois casos foram confirmados devido à nova cepa, mas os pacientes, que foram hospitalizados, já tiveram alta hospitalar.

Também recentemente, ao RJ News, a médica epidemiologista e coordenadora do GT (Grupo de Trabalho) de Enfrentamento à Covid-19 UFRJ Macaé, Karla Santa Cruz, explicou que o perfil da doença mudou devido à variante. A doença agora está atingindo cada mais os jovens. “E não é só porque os mais velhos estão vacinados. As novas cepas estão mudando sim o perfil da doença. Devemos contribuir para não ajudar na circulação do vírus, usando máscara, álcool em gel e manter o isolamento social”, disse.

Para o professor e doutor em física, Antônio C. C. Guimarães, também integrante do GT Covid-19 da UFRJ Macaé, a vacinação segue em ritmo lento e uma fração pequena da população está imunizada. “É de conhecimento de todos que mesmo as pessoas imunizadas podem sim, em menor escala, contrair e transmitir o vírus, isso significa que continuará circulando e vitimando, por um longo período. Não pode haver grande relaxamento nas medidas de prevenção”, salientou.

Covid-19 nos outros municípios de cobertura do RJ News
Em Rio das Ostras, até a última quinta-feira, dia 29, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura, eram 10.146 casos confirmados, com 345 óbitos. A cidade está com 100% dos leitos de UTI ocupados.
Casimiro de Abreu contabilizava, até essa quinta-feira, dia 29, 4.484 casos confirmados, com 109 óbitos. Vinte pessoas seguem internadas no município com a doença.

Carapebus, até essa sexta-feira, de acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura, registrava 1.245 casos confirmados de Covid-19, com 20 óbitos. Quatro pessoas seguem internadas no município
Quissamã, até a última quinta-feira, dia 29, segundo a prefeitura, contabilizava 2.125 casos confirmados, com 73 óbitos, e 24 pessoas internadas.

Conceição de Macabu, também segundo boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura na última quinta-feira, dia 29, contabilizava 3.257 casos confirmados do coronavírus, com 63 óbitos e 11 pessoas internadas.

› FONTE: RJ NEWS ONLINE (www.rjnewson.com.br)