RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Utilização da pele de tilápia em queimaduras será abordada nesta quinta-feira

Publicado em 04/05/2021 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


O método foi desenvolvido por médicos no Ceará, sendo pioneiro no mundo

O método foi desenvolvido por médicos no Ceará, sendo pioneiro no mundo

O ciclo de palestras do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NUPEM/UFRJ) apresenta nesta quinta-feira (6), às 11 horas, pelo YouTube, o projeto sobre a pele do peixe tilápia. A pele de tilápia é usada no tratamento de queimaduras, como um curativo biológico e possui muitas vantagens. O método foi desenvolvido por médicos no Ceará, sendo pioneiro no mundo.

O coordenador geral do projeto, médico, cirurgião plástico, mestre em Farmacologia Clínica pela Universidade Federal do Ceará e membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e presidente do Instituto de Apoio ao Queimado, Edmar Maciel Lima Júnior, participa.

Os pesquisadores Felipe Augusto Rocha Rodrigues (biólogo, doutor em Farmacologia pela Universidade Federal do Ceará e professor efetivo do Instituto Federal do Ceará) e  Carlos Roberto Koscky Paier (bioquímico pela Universidade Federal de Viçosa e doutor em Biologia Molecular pela Universidade Estadual de Campinas) também irão debater o tema.

Quem quiser participar basta acessar o link https://www.youtube.com/watch?v=qoj3wE7J1S0. O interessado pode acessar o link e definir lembrete.


 

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário