RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Dia da Árvore terá plantio de mudas frutíferas em Casimiro de Abreu

Publicado em 19/09/2014 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


Fundação Municipal Casimiro vai realizar o plantio de mudas frutíferas em uma área do Sítio Agrícola

Fundação Municipal Casimiro vai realizar o plantio de mudas frutíferas em uma área do Sítio Agrícola

Entre tantos papéis fundamentais , as florestas ser­vem para regular a temperatura do planeta, bem como purificar sua água. Porém, a mortalidade florestal resultante das se­cas e do calor excessivo vem aumentando. Grandes per­das têm sido notadas nas florestas tropicais, como a Amazônica e a do Congo, gerando impactos na quan­tidade de chuva dessas regi­ões, tanto quanto nas popu­lações que vivem nelas ou próximas a elas.

E para comemorar o Dia da Árvore, a Fundação Mu­nicipal Casimiro de Abreu vai realizar na próxima sex­ta-feira, dia 19, a partir das 14 horas, o plantio de mu­das frutíferas em uma área do Sítio Agrícola. A ativida­de vai envolver os adoles­centes do Programa Jovem Agricultor Orgânico, alunos da APAE, Casa Abrigo e da Escola Agrícola. No pomar serão plantadas espécies, como graviola, cambucá, acerola, goiaba, manga, amora, ingá, pitanga, entre outras.

Além de marcar a data, a ação, que também faz parte do projeto ‘Sala Verde’, vai promover a integração dos alunos com o meio ambien­te. “As árvores nos trazem muitos benefícios. As fru­tíferas ainda nos fornecem alimento. Além disso, essas atividades em contato com a natureza são muito po­sitivas para esses alunos”, ressaltou o biólogo e pro­fessor do programa Jovem Agricultor Orgânico, Vítor Hugo Veras.

O biólogo ressaltou que o cultivo das árvores fru­tíferas é de grande impor­tância para a melhoria da alimentação e, consequen­temente, da saúde. “As fru­tas são capazes de reduzir os riscos de diversas doen­ças, e são fontes naturais de vitaminas e minerais fun­damentais para equilibrar o funcionamento do nosso corpo”, falou Vítor.

O Sítio Agrícola já con­ta com uma variedade de frutas cultivadas de forma natural, como banana, la­ranja, mamão, entre outras. Os Jovens Agricultores Or­gânicos também ajudam no cultivo de mudas nativas e da horta orgânica. “Toda a produção tem uma finalida­de social. Os alimentos são utilizados para o consumo próprio e doados às esco­las e instituições sociais e as mudas nativas utilizadas no reflorestamento de áre­as degradadas no próprio município”, ressaltou o pre­sidente da Fundação Mu­nicipal Casimiro de Abreu, Alcyr Neves.

No passado, a Fundação beneficiou diversas insti­tuições do município, como Apae, Casa dos Velhinhos, Lar de Santana, Projeto Recriar, DPO e Corpo de Bombeiros, com a doação de cerca de dez mil quilos de alimentos, como bana­na, milho, jiló, aipim, pi­mentão, maracujá, maxixe, rúcula, beterraba, berinjela e abobrinha, além de verdu­ras e temperos como alface, cebolinha, couve, salsa, co­entro e brócolis.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário