RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Greve dos professores de Imperatriz completa 75 dias

Publicado em 14/07/2014 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


A greve dos professores de Imperatriz, no Maranhão, completa hoje (14), 75 dias. Os funcionários estão com o salário cortado e não tem diálogo com a prefeitura. Em assembleia realizada esta manhã o Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino em Imperatriz (Steei) decidiu manter a greve.

Em greve há quase 70 dias, professores de Imperatriz estão sem salário

De acordo com o professor Charles Oliveira e representante do Steei os professores prometem fazer um panelaço em frente a prefeitura na quarta feira (16), dia do aniversário da cidade. Segundo ele alguns servidores estão passando fome. "Alguns companheiros vêm ao sindicato reclamando que estão com fome, então nós estamos em campanha de doações para ajudar a todos", completou.

Segundo o Steei, a paralisação atinge 55% da categoria. A principal reivindicação é o reajuste salarial. Além dos professores municipais de educação, que atendem principalmente ao ensino fundamental, estão parados vigias, merendeiros, zeladores e outros trabalhadores em educação. Depois de dois meses de greve, a prefeitura cortou os salários dos mil trabalhadores, que estão sem pagamento desde o dia 1º deste mês.

A Agência Brasil tentou entrar em contato com a prefeitura de Imperatriz por telefone e pelos e-mails disponíveis na página do município na internet, mas não obteve resposta até a publicação desta matéria.

Segundo o sindicato, foi feita apenas uma reunião com a prefeitura, que se mostrou inflexível ante qualquer aumento. Os trabalhadores pedem reajuste salarial de 13%, tíquete-alimentação de R$ 230 e o plano de carreira, que está há mais de dez anos desatualizado.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário