RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Estudantes da Rede Municipal de Quissamã visitam Parna Jurubatiba

Publicado em 26/06/2014 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


Visita ao Parna Jurubatiba - Foto: Adilson dos Santos

Visita ao Parna Jurubatiba - Foto: Adilson dos Santos

Por meio de parceria entre a Coordenadoria de Cultura e Turismo e a Secretaria de Educação de Quissamã, alunos da Rede Municipal de Ensino participam de visitas guiadas à trilha da Lagoa das Garças do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba e ao Centro de Visitantes que fica na Praia de João Francisco, no município.

No início desse mês foram os alunos do 2º e 3º de escolaridade do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Maria de Lourdes de Castro Ribeiro. Já nesta quarta-feira (25), foi a vez de dois grupos de estudantes do 3º ano da Escola Municipal Professora Tânia Regina de Paula que conhecerem o ecossistema do PARNA.

Durante as visitas, divididas em dois turnos, além das professoras e cuidadoras da unidade escolar, eles foram acompanhados pelos funcionários do Centro de Visitantes, o monitor e turismólogo Leandro Neves e a agente de informações turísticas, Vanda Maria Nascimento. Também acompanhavam os grupos, o Tenente Amaro Garcias e o biólogo Luiz Antônio Fernandes, ambos da Defesa Civil Municipal, que dão suporte à segurança e qualidade durante as atividades.

O passeio recheado de explicações e dinâmicas sobre educação ambiental despertou a curiosidade das crianças. Na ocasião, elas receberam orientações sobre a fauna e flora da unidade de conservação, com o objetivo de promover conscientização sobre a importância da preservação da natureza e do meio ambiente. Diversas foram as perguntas feitas pelos pequenos sobre as espécies animais e vegetais do local. Eles conheceram clúsias, bromélias, a casuarina, e pequenos animais como besouros e aves em extinção. Dentre as recomendações, os alunos foram orientados sobre como se comportar na área, sem retirar espécies, jogar lixo, e quanto a segurança ao visitarem o local que é habitat de diversos animais peçonhentos como cobras, por exemplo.

No Centro de Visitantes da Praia de João Francisco, a aventura continuou. Neste espaço, o trabalho teve seguimento com a exposição permanente de fotografias que mostram outros exemplares existentes no parque, já catalogados por cientistas, com nome popular e científico. Além disso, foram exibidos pequenos vídeos educativos sobre Jurubatiba, finalizando a atividade.

Para o turismólogo Leandro Neves, um dos orientadores da visita, esse tipo de ação desenvolvida com as crianças é fundamental para a conscientização das gerações para a importância de preservação do PARNA.

“A educação ambiental é um processo no qual se busca despertar a preocupação e a ação das pessoas, individual e coletivamente, para a resolução dos problemas ambientais e mais do que isso, conhecer as áreas naturais protegidas é um passo fundamental para a formação do cidadão com consciência ambiental. Esta é uma forma de amar e respeitar nosso planeta, afinal, é da natureza que retiramos tudo o que nós precisamos para viver, por isso o meio ambiente é tão importante”, explicou Leandro Neves.

A professora Rita Licassali, que acompanhou o grupo de estudantes ressaltou que a visita é uma ação prática que facilita o aprendizado das crianças. “Aqui, nesse ambiente, eles aprendem as riquezas naturais que existem no próprio município, no lugar onde vivem, e esse reconhecimento das espécies da fauna e da flora do Parque de Jurubatiba é concomitante com o conteúdo que estamos trabalhando sobre reino animal e vegetal em sala de aula, então é bastante proveitoso”, destacou.

As escolas que desejarem agendar as visitas guiadas tanto à trilha quanto ao Centro de Visitantes do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, basta entrar em contato com a Coordenadoria de Cultura e Turismo pelo telefone: (22) 2768-9300 R: 9402 ou ainda pelo e-mail: fcultura.quissama@gmail.com (Coordenadoria de Cultura e Turismo). O centro de visitantes fica aberto de quarta a domingo, das 9h às 15h. O espaço possui vídeos educativos, fotos da flora e da fauna do parque, informações para estudos e pesquisas, além de atuar na promoção do desenvolvimento do turismo receptivo sustentável em Quissamã, com base no ecoturismo, uma vez que o PARNA está aberto também para atividades de recreação e lazer e programas educacionais.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário