RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Prefeitura de Macaé cria Grupo de Trabalho Permanente de Atenção às Chuvas

Publicado em 20/01/2021 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Para atender ao Plano de Contingência do município foi criado o Grupo de Trabalho Permanente de Atenção às Chuvas, integrando responsabilidades entre as secretarias municipais para assegurar melhor atendimento à população e reduzir os impactos nos períodos de chuvas que se intensificam durante o verão. O grupo foi criado em reunião realizada, nesta quarta-feira (20), pela Secretaria Municipal Adjunta de Defesa Civil, vinculada à Secretaria de Ordem Pública, que, junto com as secretarias parceiras, elaborou e aprovou o protocolo de ações efetivas para respostas rápidas aos cidadãos em casos de emergência.

Na reunião, a Defesa Civil apresentou os cenários de monitoramento, atenção, alerta e emergência que compõem o Ciclo de Gestão da Defesa Civil e foram estabelecidos os procedimentos a serem adotados pelos participantes do grupo de trabalho nas ações preventivas, preparatórias, mitigatórias, de resposta, recuperação e restabelecimento, bem como disponibilização de recursos materiais e humanos frente a eventos adversos no município. O grupo foi criado para agir rapidamente com planejamento e organização articulados nas questões de alagamentos, inundações, deslizamentos, erosão de margem e outras, preparando a população e as instituições para atuação preventiva diante dos cenários adversos.

Formam o Grupo de Trabalho representantes da Defesa Civil, Ordem Pública, Infraestrutura, Serviços Públicos, Habitação, Mobilidade, Meio Ambiente, Obras e Comunicação, presentes na reunião. Cada secretaria envolvida fará o levantamento de como pode atuar no trabalho para o melhor e mais rápido atendimento à população.

"As ações fazem parte de um compromisso do governo municipal de preparar o município para as chuvas, pensando soluções em conjunto neste período de normalidade, de forma que os impactos sejam reduzidos em época de anormalidade, como no caso de chuvas fortes. Este trabalho não é da Defesa Civil; é uma ação de todo o governo e dos cidadãos", destacou o secretário de Defesa Civil, Joseferson de Jesus Florêncio.

Ele acrescentou que é importante a organização e resposta rápida à população em tempos de anormalidade porque as chuvas desencadeiam fortes impactos já registrados, historicamente, no município, daí a importância de pensar em conjunto as ações neste momento de normalidade. "Os problemas se agravam quando chove um volume intenso em pouco tempo, então, precisamos saber o que fazer antes que aconteça", enfatizou.

A reunião aconteceu no auditório do Paço Municipal (sede da prefeitura), respeitando o protocolo de biossegurança em função da pandemia do coronavírus, com participação de um ou dois representantes por secretaria envolvida, todos devidamente usando máscara o tempo todo e mantendo o distanciamento social. Além do secretário de Defesa Civil, participaram da reunião os secretários de Habitação, Leandro Mussi, e de Ambiente e Sustentabilidade, Rodolfo Coimbra, junto com servidores representantes das demais secretarias que compõem o grupo de trabalho.

O secretário Joseferson lembrou que o Plano de Contingência do município já existe e o trabalho conta, ainda, com o diálogo com órgãos das esferas estadual e federal como o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outros.

A Defesa Civil atua no monitoramento pluviométrico, alerta meteorológico e hidrológico, mapeamento de riscos urbanos e em outras ações voltadas para a proteção ao cidadão em casos de desastres naturais, humanos ou de natureza tecnológica. O órgão age não apenas quando chove ou em período de secas, mas 24 horas também em casos de acidentes domésticos, envenenamento, incêndio, produtos perigosos e vendaval.  

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário