RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Firjan: Como se preparar e o que esperar do mercado de trabalho no Norte e Noroeste Fluminense

Publicado em 18/01/2021 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


Depois das resoluções de Ano Novo, chegou o momento de começar a transformar os sonhos em realidade. E para quem busca inserção no mercado de trabalho, as áreas de tecnologia e de energia oferecem um horizonte de oportunidades no Norte e Noroeste Fluminense, onde as unidades da Firjan SENAI Campos, Macaé e Itaperuna oferecem cursos para carreiras que deverão estar em alta neste ano.

É o caso do mercado de Petróleo e Gás, que exigirá, entre outras especialidades, técnicos em Mecânica, em Automação e em Eletrotécnica, áreas contempladas pelas unidades Firjan SENAI da região. A previsão é de que a demanda por profissionais qualificados volte a aumentar a partir de meados deste ano: segundo o Anuário do Petróleo no Rio 2020 da Firjan, existe a expectativa de investimentos em Campos, no setor de infraestrutura e refino, na ordem de R$ 2 bilhões até 2024, o que pode gerar 26 mil empregos diretos no período.

“A tendência é de que haja uma retomada do consumo de combustíveis, além da diversificação de atores nas áreas onde a Petrobras vendeu seus ativos, o que naturalmente provoca maior demanda por profissionais qualificados”, explica o especialista em Petróleo, Gás e Naval da Firjan, Thiago Valejo.

“Também vale destacar que esses cursos atendem não só as cadeias de óleo e gás, como abrangem diversos segmentos do mercado de trabalho. E no caso de Itaperuna, atendendo a vários municípios do Noroeste Fluminense”, acrescentou o coordenador da Educação Profissional de Itaperuna, Gil Marion da Silva.

Gás reaquecido na região

E as perspectivas aumentam diante do início iminente da termelétrica GNA, no Porto do Açu, e da votação no Congresso Nacional do Marco Legal do Gás, abrindo o mercado para novas empresas e, consequentemente, novas contratações. Que o diga a eletricista industrial Raquel dos Santos Rangel, de 22 anos. Ela fez nada menos que cinco cursos no SENAI Campos, entre 2015 e 2019, e hoje está empregada numa empresa que presta serviços no Porto do Açu, graças justamente à termelétrica GNA.

“O SENAI me proporcionou não só a oportunidade de crescimento profissional e a própria descoberta da minha profissão, como também forneceu o caminho para o primeiro emprego, graças a parcerias com empresas da região”, contou Raquel.

Outras áreas em alta são os setores de Tecnologia e Construção Civil. Para isso, um caminho seria o curso técnico Desenvolvimento de Sistemas, da unidade Firjan SENAI Macaé, que aborda a chamada Internet das Coisas – a interconexão digital de objetos cotidianos com a internet. Trata-se de uma das maiores tendências do atual mercado de tecnologia, setor que ganhou ainda mais evidência devido ao crescimento do e-commerce e do trabalho on-line e home office durante a pandemia. Já a Firjan SENAI Campos conta com o curso técnico em Edificações, setor da construção civil que mesmo em 2020, foi uma das principais responsáveis por contratações no Norte Fluminense, de acordo com dados da plataforma Retratos Regionais da Firjan.

“É importante ressaltar que este é o momento ideal para as pessoas se prepararem, pois quando a crise acabar, esses novos profissionais já estarão prontos para o mercado”, destacou o coordenador da Educação Profissional de Campos e Macaé, Hans Peter Jost.

Oportunidades em Campos, Macaé e Itaperuna

A plataforma Retratos Regionais da Firjan indicou ao longo de 2020, a recuperação econômica e dos empregos na região. Campos foi o sexto município em todo o estado com o melhor saldo de novas oportunidades até novembro de 2020; Macaé teve a maior recuperação do interior do Rio no mês de novembro; e Itaperuna – ao lado de Italva e Bom Jesus do Itabapoana – vem liderando a retomada no Noroeste, principalmente no setor de indústria e construção.

Nessas cidades, as unidades da Firjan SENAI estão com vagas abertas para diversos cursos à distância, medida ainda necessária em virtude da pandemia do Coronavírus. As aulas on-line terão instrutores em data e hora marcadas, e é preciso ter acesso à internet e a um computador. Todos os cursos começam no próximo dia 3 de fevereiro e terminam em meados do ano que vem. No primeiro trimestre de 2022, os alunos terão ainda encontros presenciais, visitas técnicas e aulas práticas em laboratórios, sempre aos sábados e adotando as medidas sanitárias adequadas ao momento da pandemia.

Confira abaixo as oportunidades no Norte e Noroeste Fluminense.

Firjan SENAI Macaé

- Técnico Desenvolvimento de Sistemas – EAD.

- Técnico em Mecânica – EAD.

- Técnico em Automação Industrial – EAD.

Firjan SENAI Campos

- Técnico em Automação – EAD.

- Técnico em Edificações – EAD.

- Eletromecânica – EAD.

Firjan SENAI Itaperuna

- Técnico em Eletrotécnica – EAD.

Outras informações

Para se matricular, é preciso ter concluído ou estar matriculado no Ensino Médio a partir do 2º ano. Outras informações estão disponíveis no endereço: www.firjansenai.com.br/cursostecnicos

› FONTE: Ascom FIRJAN


sem comentários

Deixe o seu comentário