RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Prefeito eleito de Macaé se reúne com governador em exercício do Rio

Publicado em 29/12/2020 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Welberth Rezende, prefeito eleito por Macaé, e o governador em exercício, o Cláudio Castro.

Welberth Rezende, prefeito eleito por Macaé, e o governador em exercício, o Cláudio Castro.

O prefeito eleito de Macaé, Welberth Rezende (CIDADANIA) se reuniu com o governador em exercício, o vice-governador Cláudio Castro, no Rio de Janeiro. Durante o encontro, Welberth e o governador em exercício conversaram sobre vários assuntos, entre eles medidas para fomentar o desenvolvimento do município, como a revitalização de campos maduros da Bacia de Campos e o avanço na construção do Terminal Portuário de Macaé (Tepor).

Em sua página no Facebook, Welberth Rezende, que foi vereador de Macaé entre 2013 e 2016, e que desde 2017 ocupava uma das cadeiras da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), contou sobre o encontro.
“Olá, amigos! Ontem (23), fui recebido pelo governador Cláudio Castro. Na reunião, ele firmou a parceria do Estado para alavancar o desenvolvimento da nossa Macaé. Uniremos forças para a geração de empregos e renda, por meio da revitalização de campos maduros e na exploração do gás. Além do apoio para o avanço do Tepor”, publicoU.

No texto, Welberth Rezende contou também de um contato feito com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que confirmou a compra de vacinas contra o coronavírus e a distribuição para os estados já em janeiro de 2021. “Fizemos contato com o ministro da saúde, que confirmou a compra da vacina já em janeiro. Com certeza teremos um 2021 de muito progresso. Vamos avançar!”, concluiu o futuro prefeito de Macaé em suas redes sociais.

Sobre as vacinas, Eduardo Pazuello havia dito, em entrevista coletiva ao programa Brasil em Pauta, da TV Brasil, afirmando que todos os estados brasileiros e o Distrito Federal (DF) receberão a vacina simultaneamente em janeiro. “Independentemente da quantidade da vacina, ela será distribuída igualitariamente dentro da proporcionalidade dos estados”, revelou o ministro da Saúde em entrevista que foi ar na noite deste domingo, 27.

› FONTE: O Dia


sem comentários

Deixe o seu comentário