RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Representante de Macaé, Victor Alves, é campeão do The Voice Brasil

Publicado em 19/12/2020 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Victor Alves: Cantor venceu com 34% dos votos

Victor Alves: Cantor venceu com 34% dos votos

A vitória veio merecida! Victor Alves, de Macaé, é o grande campeão da 9ª Temporada do The Voice Brasil. A final ocorreu na noite dessa quinta-feira, dia 17 de dezembro. Com 34% dos votos populares, Victor, representante do time Iza, ganhou o prêmio no valor de R$ 500 mil, um contrato com a gravadora Universal Music e gerenciamento da carreira. Victor Alves disputou o prêmio com Ana Canhoto, Douglas Ramalho e Izzra.

Assim que recebeu a notícia da vitória, o cantor, que foi criado em Macaé, dedicou a vitória à mãe. “Se não fosse por ela, não estaria aqui. Tô muito feliz”, declarou após o anúncio do resultado. O cantor disse ainda que não imaginava nem que fosse chegar à final. “Nem da Rodada de Fogo achei que fosse passar. Não tenho nem palavras para poder descrever o quanto estou feliz”, declarou.

Na primeira rodada de apresentação da noite, Victor cantou o sucesso “Graveto”, da cantora sertaneja Marília Mendonça. A vitória de Victor Alves veio depois da segunda rodada, em que ele cantou “Diamonds”, da cantora Rihanna.

Depois do resultado da vitória de Victor Alves, as repercussões nas redes sociais, em páginas de Macaé, foram maciças e bastantes positivas.

A moradora Sabrina Ferreira postou: “Ele nos representou num momento de tanta dor. Enfim, uma grande alegria. Parabéns e que Deus continue te abençoando”, escreveu.

Nubia Nubi frisou: “Torci por Victor desse o início da competição. Deus o abençoe nessa nova fase da sua vida”, disse.

Christiane Alexandre Jacinto declarou, também por meio das redes sociais. “Vitória merecida, torcemos muito por ele. Parabéns. Que Deus te abençoe”, frisou.

A trajetória de Victor Alves
Nascido na Bahia, o cantor foi criado pela avó até os quatro anos. Com essa idade, veio para Macaé morar com a mãe, Cirnelândia Paraguai Souza da Silva, mais carinhosamente conhecida como Dona Néia. Atualmente, ele mora em Duque de Caxias.

A carreira de Victor Alves começou na igreja evangélica. Quando chegou em Macaé, aos quatro anos e meio de idade, um dia, pediu para entrar numa igreja, localizada ao lado da casa da mãe, Assembleia de Deus Maanain El, onde congrega até hoje. “O Victor começou a se destacar aos oito anos de idade, cantando na igreja. Fomos em várias igrejas em Macaé, quando ele era conhecido como JÁ. De 2014 para 2015, ele fez um vídeo na igreja cantando e falou da vontade dele entrar para o The Voice Brasil, além do desejo dele em honrar a Deus e a mim. Mas nunca imaginou que eu pegaria esse vídeo. Na época o inscrevi no The Voice Kids, mas também não imaginava que chegasse ao The Voice Brasil. Em janeiro deste ano, recebi um e-mail, no qual nem lembrava mais, nem tinha mais esse e-mail, achei até que fosse mentira. Nele, vi que o Victor tinha sido selecionado para o programa. Mesmo ainda sem acreditar, entrei em contato com hotel, para onde ele precisava ir, e três pessoas confirmaram que era verdade sim. Ele fez a primeira apresentação e foi aprovado. Participou das apresentações às cegas, das batalhas, até chegar ao vivo, e agora estamos aí com nosso finalista e agora o campeão da 9ª temporada”, declarou a mãe do cantor.

Outros talentos de Macaé que participaram do The Voice Brasil
Em 2014, quando tinha 21 anos, a cantora Kynnie Willians participou do The Voice Brasil. Hoje, aos 27, está com a carreira na música consolidada e crescente. O programa abriu portas importantes para ela.

“Muitas pessoas queriam fechar contratos por eu ter participado do The Voice Brasil. Foi muito bom para minha carreira, porque expandiu muito. Eu pude ir para outros lugares, inclusive para fora do Brasil. Fui para Angola, fiz shows na Região dos Lagos. Muitas pessoas puderam me conhecer sim, mas sempre com muito esforço, não só meu, mas também de toda minha equipe”, contou Kynnie.

Oficialmente, a carreira da cantora iniciou em 2013, depois de fazer um show no Sesi Macaé, o Kynnie Inconcert. “Comecei a me enxergar como cantora um pouco mais tarde. Estudei na Escola de Música Villa-Lobos, para que pudesse expandir e melhorar meu canto”, disse.

Atualmente, Kynnie Willians têm contratos com o Inbraza, Som Livre e Liga Entretenimento. “Sou muito feliz por te essas pessoas me ajudando e, claro, minha mãe e empresária, Agnes”, concluiu.

› FONTE: RJ NEWS ONLINE (www.rjnewson.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário