RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Cemitérios estarão abertos para o dia dos finados em Rio das Ostras e Macaé

Publicado em 01/11/2020 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Desde os primeiros séculos, os cristãos já visitavam os túmulos dos mártires para rezar por eles e por todos aqueles que um dia fizeram parte da comunidade primitiva, mas foi no século XIII, com a tradição se estabelecendo, ficou decidido que o dia do ritual seria no 2 de novembro, um dia após o Dia de Todos os Santos.

Para a Igreja católica não se trata de um feriado qualquer, mas de uma oportunidade de rezar e homenagear aqueles que já não estão mais entre nós. Mas, este ano, devido à pandemia, algumas restrições são necessárias.
Em Macaé, a Prefeitura informou que a visitação nos cemitérios, no Dia de Finados, dia 02 de novembro, ocorrerá normalmente. Contudo, as missas que são realizadas no local, não ocorrerão. A ala Covid-19 também terá restrições, podendo ser visitada somente por familiares.

Já a Prefeitura de Rio das Ostras informou que o funcionamento dos cemitérios será normal, aberto para visitação das 8h às 17h. Não haverá limitação de pessoas, mas a administração municipal recomendou que a população evite a aglomeração e utilize todas as normas de segurança já estabelecidas pelos decretos municipais: uso de máscaras faciais cobrindo nariz e boca, higienização das mãos com álcool gel 70% na entrada e saída da unidade, distanciamento mínimo entre a pessoas de 1,5 metros.

Para os evangélicos, o feriado não tem o mesmo fundamento. Mas algumas igrejas costumam praticar o evangelismo, ou "pregar o evangelho (boa nova) de Cristo", para as pessoas, principalmente aos não cristãos, nesta data. O ato vem sendo realizado com precaução neste momento, devido à pandemia do Covid-19.
"Os evangélicos não têm o costume de celebrar, rezar ou homenagear os mortos porque não é algo que nós acreditamos. Nós temos boas lembranças, sentimos saudades e respeitamos o feriado, mas não como os católicos. Algumas igrejas e congregações aproveitam a data para evangelizar", explicou Emanuel Venturini.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário