RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Macaé conclui primeira ação para retomar a drenagem de Imboassica

Publicado em 04/04/2014 Editoria: Meio Ambiente sem comentários Comente! Imprimir


A pavimentação asfáltica em trecho situado ao lado da rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), nas proximidades da rua Projetada, que liga a Estrada Norte Sul à rodo­via, e do Posto Shell, recebeu duas travessias de drenagem de águas pluviais, que desá­guam na Lagoa de Imboas­sica. Essa ação é o primeiro passo para a retomada da drenagem do bairro de Im­boassica, em Macaé, que o prefeito Dr. Aluízio anunciou no mês de janeiro, durante reunião na Petrobras, com empresários de empresas si­tuadas nessa área da cidade.

As intervenções de dre­nagem vão ampliar o escoa­mento das águas em período de chuva, a fim de evitar os alagamentos sempre que chove mais forte no muni­cípio, que além de causar prejuízos aos motoristas e aos moradores do bairro, faz com que o tráfego fique ainda mais lento. Serão in­vestidos cerca de R$ 15 mi­lhões e o ponto de maior intervenção será na Estrada Melquíades Ribeiro Almei­da. A previsão é de que, de­finidas as intervenções com as empresas da região, os trabalhos sejam iniciados tão logo esteja concluída a pavimentação do trecho.

O objetivo é de que a obra que inclui micro e ma­crodrenagem beneficie cer­ca de 50 empresas, além dos moradores da região. Serão investidos cerca de R$ 15 milhões nas obras de drena­gem que vão ampliar a ca­pacidade de vazão da bacia, oferecendo ao local melho­res condições de escoamen­to. “É preciso engajamento de todos, já que a drenagem da área será uma obra de gran­des proporções e que durante algum tempo irá modificar o dia a dia dos trabalhadores do Parque de Tubos”, disse o prefeito de Macaé.

Dentro do bairro, a rede de drenagem será extensa, atendendo a todas as ruas, para evitar os alagamentos. A meta é que depois de con­cluída a drenagem do bairro, seja construída nova ponte na divisa entre Macaé e Rio das Ostras, já que a ponte existente é estreita, causan­do retenção no trânsito nas horas de movimento mais intenso na rodovia.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário