RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS

Revisão do Plano de Manejo do Jurubatiba facilitará o turismo

Publicado em 29/04/2015 Editoria: Turismo sem comentários Comente! Imprimir


O Plano de Manejo define as normas para o uso público do Parque

O Plano de Manejo define as normas para o uso público do Parque

O presidente da Câmara Municipal de Quissamã, Luiz Carlos Fonseca Lopes (PROS) acredita que uma revisão no Plano de Manejo do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba vai resultar em um grande avanço na exploração turística para os municípios de Quissamã, Carapebus e Macaé. Nesta terça-feira (28), ele participou de uma reunião da Câmara Técnica do Parque, com integrantes do ICMBIo – Instituto Chico Mendes de Preservação da Biodiversidade, e dos municípios envolvidos, na sede do Parque, em Macaé.

A Câmara Técnica tem se reunido para discutir a revisão do Plano de Manejo, ou seja, do documento que aponta o que é ou não, permitido de ser explorado no interior da unidade de conservação. “”Quando o Plano de Manejo foi elaborado e aprovado, as atividades de pesquisas foram muito bem delineadas, porém, também é preciso melhor definição e acertos nas questões que abordam os passeios turísticos de bicicleta, de bugre e a pé”, detalhou o presidente do Legislativo de Quissamã, que em seu quarto mandato como vereador, defende as bandeiras de Turismo e Meio Ambiente.

O Plano de Manejo define as normas para o uso público do Parque, e também define a capacidade de carga, ou seja, a intensidade destas visitas. O defensor das causas ambientais e turísticas afirma que o ICMBio está aberto a ouvir as necessidades dos municípios, para então, aperfeiçoar as normas do uso público. “Esse documento é importantíssimo até mesmo para definir quantas bicicletas podem participar diariamente, quantos bugres podem entrar no Parque por dia, e outras definições. É preciso ter um equilíbrio que possa preservar o meio ambiente, e também explora-lo turisticamente. Mas é claro, que ao ouvir a necessidade de cada cidade, o Instituto vai definir o documento da melhor forma”, comentou.

Participaram da reunião, o chefe do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, Marcelo Pessanha, a coordenadora de Cultura e Turismo de Quissamã, Marta Medeiros, secretários e assessores da área de turismo e meio ambiente das cidades de Macaé e Carapebus. Novas reuniões serão agendadas para que a Câmara Técnica possa avançar na Revisão do Plano de Manejo.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário