RJ NEWS ONLINE
Cotação
RSS
BreakFest - Por Sergio

BreakFest Por Sergio

BreakFest - Por Sergio

Maconha, em diversas modalidades.

Publicado em 21/02/2021 sem comentários Comente!

Não espere precisar para apoiar!

Não espere precisar para apoiar!

Muitas vezes ao escrever sobre um tema, criamos encruzilhadas com diferentes vertentes. O de hoje, toca no preconceito, um muro alto e bem estruturado. Há anos, irrigado por nossos pais.
Mas na verdade todo esse engodo, é baseado na absoluta falta de informação. E vem a superfície pela força dos seus milagres, na medicina e suas infinitas possibilidades industriais. Têxtil, culinária, combustível, entre outras.
Mas o que mais impressiona é na medicina. Onde vemos o câncer, sendo curado. Ela atende a mais de trezentas patologias. Tem o poder de substituir a morfina, sem os estragos que essa droga pode nos causar.
Saiu das páginas sujas dos noticiários criminosos, para o buzines, dos grandes investidores nas bolsas de valores.
Trata se da maconha. Planta, que em vários aspectos, vem se destacando e inovando, de maneira mais leve e menos sofisticada, sem exigir altas tecnologias para sua utilização, em várias modalidades.
Enquanto o Brasil engatinha, na legalização da erva, o Colorado em outubro de 2018 e março de 2019 arrecadou 139 milhões de dólares.
Por que, o Brasil não regulamenta? Por que, perder esse dinheiro, se sabemos que a venda da droga não é interrompida? O que caminha, por traz desse tema, que poderia somar milhões a nossa economia e alívio a muita dor?
Essa proibição no nosso terceiro mundo é alimento para as industrias bélicas e farmacêuticas, as que mais matam no planeta!
Lamenta-se saber que muitas vidas poderiam ser salvas, tanto nessa guerra as drogas, que já matou mais que a segunda guerra mundial. Como na medicina. É impressionante a reação da maconha medicinal, diante a inúmeras doenças.
É melhor, ler. Se informar! Muitos países, já estão tirando diversos proveitos desse múlti vegetal. Ao invés, de assassinar mais brasileiros, pelo que há muito, já não se aprisiona, nem tão pouco se mata.
E para finalizar, tire o seu preconceito do meu remédio!

BreakFest

Por Sergio

sem comentários

Deixe o seu comentário